Archive | Dezembro 2012

Etapa 4

Details of Etapa 4

WATER SENSATIONS POR CARLA MAISA RIBEIRO E CAROLINA ROQUE

o projecto em grupo encontra-se neste link

ETNOGRAFIA DO LITORAL ESTREMANHO, por José Armando Simões

etnografiadolitoralestremanho_princ

Neste projecto sobre o Folclore e a Etnografia do Litoral Estremanho, pretende-se realizar uma encenação de dois elementos distintos da tradição e património orais da minha região. Encontramo-nos no triângulo geográfico Cela Velha – Nazaré – Alcobaça  em inícios do século XX, onde o quotidiano das pessoas era dedicado ora ao compromisso do trabalho árduo ora, em certas ocasiões do calendário litúrgico, à fé e à religião cujas celebrações sempre levavam a folia, divertimento e namorico.

Além da integridade e genuinidade em relação à época retratada com que procurou ser executada, esta encenação tem como propósito não só documentar e registar parte integrante da tradição desta região (que se arrisca a ser perdida e esquecida, não tendo qualquer suporte que a retrate) mas também expo-la e partilha-la com outras pessoas, sempre dignificando e protegendo um património imaterial verdadeiramente rico e interessante.

O processo consistitui então na representação e recolha audiovisual dos seguintes elementos:

A) Os Batedores de Água (Cantiga de Trabalho) – Nas valas e rios do campo da Cela Velha, homens munidos de cabaços tiravam água para dentro de tabuleiros que corria para a terra, onde outros trabalhadores a dividiam. Era um trabalho penoso, dificil, feito por homens fortes. Cantavam quadras à vez, tanto para incentivo como para exigir aos patrões o pagamento do trabalho: o pirolito de dois litros e meio de vinho.

B) Sírio à Nossa Senhora da Nazaré – O sírio da prata grande para a Senhora da Nazaré passava pela Cela Velha, onde comboios chegavam abarrotados de pessoas e onde os romeiros da região se juntavam para dali fazerem o resto do caminho a pé. Os “anjos” entoavam Loas junto das alminhas ou santuários no seu percurso até às festas do Sítio. Findas as romarias religiosas, as festas do Sítio eram lugar para descantes e bailaricos.

Ao utilizar o Korsakow como suporte, espera-se atingir uma abordagem que, sendo interactiva, seja mais apelativa e interessante para explorar o tema do folclore e etnografia, que geralmente não tem muito procura. O projecto encontra-se quase concluído, precisando apenas de algumas revisões, tanto etnológicas como técnicas, às ligações e estrutura dos vários excertos de video entre si.

etnografiadolitoralestremanho_especific2

Projectos entregues

Lista dos alunos pela ordem com que apresentaram na aula com links para os respectivos videos interactivos online:

Bruno Gomes » Liquid Sound Sculptures

Bruna Mariano » De Gota em Gota

Carolina Roque + Maisa Ribeiro » Water Sensations

João Moreno » História dos Videojogos

Marta Capelo » Do It Yourself

António Nobre » Patterns

Mariana Stoffel » A Conversa Dela

José Bento » ZIBA

Projectos ainda não apresentados:

Sara Pereira » The Shape of Water (apresentado o conceito) 

Ela Settler + Ivan Vuksanov » Around 60%

José Simões » Folclore e Mar

Margarida Rebelo » O Sonho

Inês Pereira » Água do Mar / Pranchas de Surf

A CONVERSA DELA, por Mariana Stoffel

 

A Conversa Dela

Uma conversa de interação com água.

O meu projeto inicial era a criação de músicas com sons de diversas experiências de água, usando o programa como uma mesa de mistura.

À medida que fui elaborando o projeto, cheguei à conclusão que os sons arranjados funcionavam melhor como conversa do que como música.

O objetivo do filme é, não só explorar o campo auditivo, reconhecendo diversos sons produzidos pela água, como também explorar as memórias e sensações que esta nos transmite. A interação é feita através do som do clique e do som de fundo, que o utilizador pode manipular a seu gosto, conforme o desenvolvimento do vídeo, também este feito por quem o vê, através do percurso de filmes que decide escolher.

Para a captação dos vídeos foi usada uma handycam Toshiba CamileoX200,  na edição foi usado o programa Corel Studio Video Pró, a apresentação dos vídeos é feita no korsakow. O som de clique e de fundo foram gravados com um ipad, num programa específico que este tem.

2a 3a 4a

WATER SENSATIONS, por Carla Maisa Ribeiro e Carolina Roque

watersensations_princ

Water Sensations é um projecto em dupla que foi desenvolvido com intenção de explorar as sensações e o mar.

O trabalho foi realizado no âmbito da disciplina de Metodologia Projectual Multimédia. Seleccionámos quarto pessoas diferentes para descreverem o que sentem, mostrando de seguida o time lapse de uma maré – a descer ou a subir, dependendo dos participantes e das suas acções, com um total de 12 vídeos que podem ser vistos as vezes que se desejar. As ideias surgiram a partir de duas sugestões nossas, visto que uma queria falar sobre a maré e a outra sobre as sensações. Foram feitos vários planos conceptuais. As filmagens da maré foram realizadas no exterior, em S. Pedro do Estoril, com recurso a suporte digital. Após termos reunido o material, começámos a trabalhar cada personagem segundo o que estava predefinido. O trabalho foi apresentado na plataforma Korsakow.

Colaborações:

Leila Bettencourt, Gustavo Romano, Teresa Roque e Natália Roque e escola Surf In – S. Pedro

watersensations_especific3

Interface inicial

watersensations_especific2

Interface time lapse

watersensations_especific1

Interface participante

Divulgação

SurfIn São Pedro (Facebook)

Surfing Clube de Portugal

Surfing Clube de Portugal (Facebook)

SONIC ZEN online shop (grupo fechado de surfistas no Facebook)

 

Etapa 4 | Sara Pereira

Ficam aqui a Macro e Microestruturas do projecto para o video interactivo.

Macroestrutura

Novo Mapa

Para evitar confusão, esquematizei apenas um dos caminhos a seguir a partir do video inicial de apresentação. Todos os outros caminhos serão iguais em termos de estrutura.

Microestrutura

Micro

Exemplo:

Micro2

ZIBA (MAR COM VIDA), por José Rui Bento

A ZIBA (Zona de Interesse Biofísico das Avencas) é o lar de diversas espécies de fauna e flora.

Esta praia é muito concorrida sobretudo durante o verão e as plataformas rochosas têm sempre pessoas na apanha de todas as espécies comestíveis. É pela proteção deste oásis natural que é importante sensibilizar a população, nomeadamente a residente nas imediações. Há duas formas de navegar pelo interface principal, ou através das pré-visualizações acima da janela principal, ou através dos ícones (links fixos) das várias espécies. A criação do projeto em Korsakow foi extremamente acidentada, levando-me a despender tempo que certamente seria útil nas restantes cadeiras. Desde problemas com o interface e as imagens de pré-visualização à exportação, diria que pouco foi feito à primeira.

Apresentação final

Interface Principal 1

Interface Principal 1

____________________________________________________________

Projeto divulgado no Facebook, nas seguintes páginas públicas:

Projeto divulgado no WordPress, no meu blog pessoal (que é reenviado para a minha página pessoal no Facebook)

História dos Videojogos, por João Moreno

Historia_dos_VideoJogos

A História dos Videojogos, é um projeto que tem como objetivo disponibilizar ao utilizador alguns dos momentos mais importantes desta forma de entretenimento, desde os seus primórdios á atualidade.

Este trabalho foi desenvolvido para a cadeira de Metodologia Projectual, do segundo ano da licenciatura de Arte Multimédia da Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa.

Os videojogos representam hoje uma das maiores industrias de entretenimento, com lucros anuais que ultrapassam a industria musical e cinematografia. De um inicio modesto aos dias de hoje, esta forma de entretenimento interativo tem-se vindo a desenvolver cada vez mais.

Este trabalho é composto por 19 vídeos, que estão dispostos de forma aleatória num interface que tem como base a forma de um extraterrestre do jogo space invaders.

O software utilizado para a realização deste projeto foi, Adobe Premier para a edição e Korsakow para a sua publicação.

Divulgação

http://www.youtube.com/user/MrJPHM/feed?filter=2

https://twitter.com/T0xicRabbit

DO IT YOURSELF, por Marta Capelo

doityourself_princDo It Yourself é um video interactivo que pretende promover a reciclagem de objectos ou materiais usualmente descartados e transformá-los em algo prático e divertido a baixo custo!

Este é um projecto desenvolvido na cadeira de Metodologia Projectual Multimédia, leccionada na Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa.

Tem como objectivo incentivar para a prática da reciclagem pegando em objectos e materiais que normalmente são deitados fora (como o papel ou jornal) e transformá-los em algo que possa ser prático e divertido de forma económica. Pretende-se que o espectador construa os objectos ao mesmo tempo que observa os vários passos, interagindo assim com o video.

O projecto possui uma série de 20 vídeos, som ambiente e 3 imagens que apresentam o objecto que vai ser construído. Deve-se seguir uma ordem pois os objectos são construídos por passos. A ordem pode ser quebrada a partir do momento em que se desejar construir um objecto novo.

Os vídeos foram captados pela autora e foi utilizado o MPEG Streamclip para os compactar e o Korsakow para a concepção da parte interactiva.

doityourself_especific1

doityourself_especific2

doityourself_especific3

doityourself_especific4________________________

Publicações noutros contextos:
_ MartaCapeloCoelho.blogging
_Facebook
_
Reciclagem, Jardinagem e Decoração

PATTERNS, por António Nobre

Untitled-1

Fascinou-me os padrões gerados por frequências sonoras na areia. A cada frequência o padrão altera, dos mais complexos ao mais simples, do mais “agradável” ao mais “desconfortável”. Mas não só o som, os padrões gerados por intermédio de matérias magnéticos e magnetismo eram igualmente hipnotizantes e por isso utilizei-os também. Recolhi vários vídeos do youtube e o resultado é um catálogo com vários padrões gerados por frequências ou por influência magnética. Segmentos descontextualizados para serem recontextualizados pelo utilizador, aquando da sua experiencia de caracter exploratório. e parcialmente aleatórios (sendo que, apesar da ordem ser aleatória, a disposição com que são colocados na interface não o é). 

O projecto foi desenvolvido para a cadeira de Metodologia Projetual Multimédia, leccionada na Universidade de Lisboa – Faculdade de Belas Artes.

Divulgação:
Cargo Collective

Facebook

Fontes:

Source #1 

Source #2

Source #3

Source #4

patterns_especific3

patterns_especific2 patterns_especific1

patterns_especific4

DE GOTA EM GOTA, por Bruna Mariano

degotaemgota_princ

De gota em gota é um projeto de vídeo interativo  que pretende criar uma experiência de aprendizagem em relação a economia de água potável no cotidiano.

O objetivo projeto é criar uma situação em que a pessoa que assiste se questione a respeito de suas atitudes e aprenda um pouco mais sobre como evitar o desperdício de água. São apresentadas cinco situações para que se opte entre “sim” e “não”. O vídeo seguinte mostra se aquela atitude é considerada certa ou errada, explicando o porquê com dados e sugerindo de como proceder no cotidiano.

Ao final da experiência, o observador é convidado a compartilhar os conhecimentos aprendidos através do link do projeto.

O projeto foi desenvolvido no âmbito da disciplina de Metodologia Projectual Multimédia, na Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa. Sua metodologia incluiu a criação do conceito inicial, brainstorms e, mais tarde, a filmagem dos vídeos, sua edição com o programa Adobe Premiere, compactação com MPEG Streamclip e organização e publicação através da plataforma Korsakow.

degotaemgota_especif4
degotaemgota_especif3
degotaemgota_especif2
degotaemgota_especif1degotaemgota_headerblog

LIQUID SOUND SCULPTURES, por Bruno Gomes

liquidsoundsculptures_princ2

Liquid Sound Sculptures é um projecto que explora os efeitos proporcionados pelas ondas sonoras na matéria, através de uma série de 15 fotografias e 15 vídeos.

O projecto é desenvolvido no âmbito da disciplina de Metodologia Projectual Multimédia, leccionada na Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa, com o objectivo de dar a conhecer ao observador um conjunto de experiencias, recorrendo aos formatos de vídeo e imagem, e em simultâneo incentivar a partilha destas nas redes sociais.

A encenação consistiu na colocação de diversas matérias sob uma superfície de borracha, a baixo da qual se encontrava um speaker que emitia as vibrações necessárias para proporcionar os efeitos pretendidos. Após a captura e tratamento de imagem, o projecto foi desenvolvido em HTML, CSS3 e JavaScript e recorrendo também à biblioteca jQuery.

Nota: Para visualizar os vídeos correctamente e usufruir de todas as funcionalidades, o observador deve aderir à tecnologia YouTube HTML5 Demo.

Divulgação:

Mostra Colectiva MPmultimédia201213

Cargo Collective Bruno Gomes

Deviantart

Facebook Bruno Gomes

Youtube

Twitter

liquidsoundsculptures_especific1   liquidsoundsculptures_especific2    liquidsoundsculptures_especific3liquidsoundsculptures_map

Estúdio – Bruno Gomes

Tema: ”Liquid Sound Sculptures”
Estúdio improvisado para captura de imagem. A performance consiste em colocar diversas matérias em cima de uma superfície de borracha, por baixo da qual se encontra um speaker que emite as vibrações necessárias para proporcionar os efeitos necessários.

IMG_6833

Especificações para publicação do projecto no blog

A publicação do projecto no blog da disciplina deverá ser feita por cada um dos grupos, com os seguintes elementos e sequência:

1. Título do projecto e nomes dos membros da equipa de trabalho

2. Uma imagem principal, que será a imagem representativa do projecto (nomedoprojecto_princ.jpg ou png) à qual irão associal o link final que eu vos indicar após ter recebido a vossa pasta com os conteúdos a colocar online.

3. Texto de descrição do projecto – conceito, componentes, processo, perspectivas – (entre 100 e 150 palavras), com a primeira frase em destaque (bold).

4. 2 a 5 imagens secundárias do video interactivo (captura de ecrã nomedoprojecto_especific1.jpg ou png)

5. Uma imagem do mapa conceptual com a estrutura final do projecto (nomedoprojecto_map.jpg ou png)

ESPECIFICAÇÕES
» Títulos
O Título do projecto ficará em maiúsculas, os nomes dos membros da equipa em maiúsculas e minúsculas (pela ordem que acordarem e separados por vírgulas) – estes serão os elementos a constar no título do blog post (ex.: TÍTULO DO PROJECTO, por Nome1 Apelido1, Nome2 Apelido2)
» Text
Estrutura sugerida: 1º parágrafo: conceito; 2º/3º parágrafo/frases: descrição, funcionalidades, componentes, metodologia, ponto da situação +  objectivos e trabalho futuro.
» Imagens
Formato JPG ou PNG, optimizadas para a web; nomes dos ficheiros em minúsculas com identificação pelo título do projecto e numeração, sem espaços e sem acentuação ou pontuação (ex.: nomedoprojecto_princ.jpg, nomedoprojecto_map.jpg, nomedoprojecto_especif1.jpg)
» Video Interactivo O link para acesso à pasta com o trabalho em korsakow exportado para a web deverá ser entregue na aula; utilizar apenas minúsculas e identificação pelo nome do projecto, sem espaços e sem acentuação ou pontuação (ex.: nomedoprojecto).

Todos estes elementos *até ao final da aula de Terça-feira, dia 18 de Dezembro*


Calendarização geral na secção EXERCÍCIOS

Projectos em curso | Actualização

Temas & Alunos

De Gota em Gota
Bruna Mariano

Sound Patterns
António Nobre

The Shape of Water
Sara Pereira

Ideias DIY
Marta Capelo

Água / Música
Mariana Stoffel

O Sonho
Margarida Rebelo

Folclore e Mar
José Simões

ZIBA
José Bento

História dos Videojogos
João Moreno

Água do Mar / Pranchas de Surf
Inês Pereira

Around 60%
Ela Settler + Ivan Vuksanov

Water Sensations
Carolina Roque + Maisa Ribeiro

Liquid Sound Sculptures
Bruno Gomes